Devocional Diário

“Tem misericórdia de mim, ó Deus, por teu amor; por tua grande compaixão apaga as minhas transgressões. Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado.”

Salmo 51:1-2

SALVAÇÃO: RECONHECENDO NOSSA PERDIÇÃO

Não pode haver salvação na vida de uma criança, adolescente ou adulto até que haja primeiro a consciência e a convicção do pecado. Em outras palavras, até reconhecermos nossa perdição à luz da santidade de Deus, não entenderemos completamente a dádiva da salvação que Deus oferece através da morte e ressurreição de Cristo.

Tome o rei Davi por exemplo. Até mesmo Davi, o “matador de gigante” e “o homem segundo o coração de Deus”, estava bem ciente de seu pecado – de sua própria perdição e da necessidade da misericórdia de Deus. Nos Salmo 51, Davi confessou seu pecado a Deus. Lembre-se, esta oração ocorreu após ele ter participado de um relacionamento adúltero com Bate-Seba e após ele ter assassinado seu marido para encobrir o fato. Davi sentia o peso dessas ações todos os dias e sabia que merecia julgamento. E então, o que ele fez? Davi clamou a Deus para perdoá-lo – e Deus o fez. Deus não removeu as conseqüências de seu pecado, mas o perdão foi imediato.

Não há salvação sem que haja primeiro a convicção do pecado e a compreensão de que merecemos o julgamento de Deus. Não há salvação até que reconheçamos nossa perdição e que clamemos a Deus por misericórdia. É aí então, e só então, que uma pessoa começa a entender verdadeiramente a grandeza desse presente que é o perdão dos pecados e a salvação eterna. Você já aceitou o presente de ser reconciliado com Deus e a segurança da vida eterna? Tudo começa ao reconhecer nossa perdição e ao aceitar o perdão e a misericórdia de Jesus Cristo.

Imprimir