QUANDO CONFIAR NÃO É CONFORTÁVEL

4 de setembro de 2020

“Não estou dizendo isso porque esteja necessitado, pois aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância. Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura… tudo posso naquele que me fortalece.” – Filipenses 4:11-12a, 13

Deus nunca prometeu uma vida segura, fácil e “confortável”. Ir aonde Deus está nos pedindo para ir, compartilhar o que Deus está nos pedindo para compartilhar e enviar quem ou o que Deus está nos pedindo para enviar, geralmente requer um passo de fé, risco ou sacrifício. Uma vida que busca Deus sempre estará em desacordo com o nosso desejo de viver uma vida confortável. Por quê? Porque buscar a Deus se trata sobre Sua vontade e buscar meu próprio conforto se trata sobre a minhavontade.

Agora, não me interprete mal – uma vida de segurança, paz de espírito e bem-estar não é inerentemente errada. Mas precisamos examinar nosso foco. O apóstolo Paulo coloca desta maneira: “Em vez de buscar conforto, segurança e paz de espírito acima de tudo, aprendi a buscar satisfação.” (minha paráfrase).

Para Paulo, não se tratava sobre o que ele tinha, mas quem ele conhecia: e essa pessoa era Jesus Cristo. Paulo está dizendo que, depois de conhecer Jesus, sua vida mudou de foco. Antes tudo se tratava sobre seu conforto e sua luta com o sentimento de insatisfação, pois as circunstâncias constantemente mudavam. Mas agora, ele está buscando contentamento e encontrando verdadeira satisfação no processo. Como ele faz isso? Ao olhar para aquele que nunca muda e que providenciou o que ele mais precisava: relacionamento correto com Deus.

Em outras palavras, Deus nos ajuda a encontrar satisfação, focando em quem Ele é e não no que temos. Ao fazer isso, Paulo demonstra como saúde e alegria espirituais andam de mãos dadas com o contentamento.

Se você está lutando para encontrar satisfação e contentamento nas circunstâncias atuais, dê uma olhada no que você está focando. É a luta sem fim para alcançar uma vida “segura, previsível e confortável”? Ou está buscando uma vida de fé, risco e satisfação, não importando o que a vida possa trazer?

 

Adaptado de um sermão de George Wright Pastor Sênior da Igreja Batista Shandon, Carolina do Sul