Devocional Diário

“Jesus respondeu: “Quem beber desta água terá sede outra vez, mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Ao contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna” – João 4: 13

Quando a Vergonha se encontra com a Graça

Foi uma parada rápida para descanso. Sentado junto ao poço, Jesus espera enquanto Seus discípulos correm pela cidade para encontrar o almoço. É quando ela chega. Uma mulher da cidade vizinha vem tirar água. A essa hora do dia, nesse calor, a maioria evita o poço. Mas, para esta mulher, ela prefere assim. Quieta. Sozinha. Ninguém para condenar e ninguém por perto para julgar. Veja bem, ela é bem conhecida na cidade – mas não no bom sentido. Sua reputação e sua história estão cheias de vergonha.

Logo descobrimos que esta mulher está com sede, mas não apenas pela água – algo mais. No fundo, ela se sente vazia, insatisfeita. Aprendemos que ela está buscando satisfação nos outros – nos relacionamentos. Repetidamente, ela tentou encontrar o que acredita que satisfará seu coração e alma – mas tudo ficou vazio. Sua história é cheia de sonhos desfeitos e esperanças destruídas, bagagem e dor.

Para Jesus, isso não é surpresa. Ele conhece a história dela e explica tudo. Cinco maridos e o homem com quem agora vive não é o marido. Nada está escondido de Jesus. Não há segredos aqui. E o que ela faz quando percebe que Jesus conhece sua história? Ela corre ou se esconde? Exatamente o oposto. Ela está animada. Ela quer saber mais. É como se de alguma forma ela tivesse sido libertada.

Mas como pode ser isso? Como é possível que revelar toda a sua bagagem diante de Jesus possa levá-la a sentir-se satisfeita e plena? Uma palavra – Graça. Em vez de ser julgada ou condenada, ela é amada. E aí está o Evangelho de Jesus Cristo – a graça cobrindo o pecado e o amor substituindo a vergonha. Somente quando experimentamos o amor e a graça de Jesus Cristo, nossos corações e almas serão verdadeiramente satisfeitos. Não precisamos mais correr e nos esconder, porque tudo o que fizemos foi coberto por tudo o que Jesus fez. Finalmente, os desejos mais profundos de nossos corações podem ser preenchidos.

Se a vergonha é a força motriz da sua vida, você nunca ficará satisfeito. Se você está com vergonha e se sente indigno por causa de sua história, pare de correr. Venha diante de Jesus com sua história e veja o que acontece quando sua vergonha se encontra a graça de Deus. Esta é a satisfação e alegria que nossas almas anseiam. Essas são as boas novas do Evangelho!

 

Imprimir