Devocional Diário

“Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas.”  
Mateus 6:14-15 

PERDÃO QUANDO NÃO HÁ DESCULPA 

“Quantas vezes devemos perdoar alguém que nos ofende?” Pedro perguntou a Jesus. “Sete vezes?” Jesus respondeu, “Não até sete, mas setenta e sete veze” (Minha paráfrase de Mateus 18:21-22).” Em outras palavras, Jesus está dizendo que devemos perdoar continuamente os outros, mesmo aqueles que nos decepcionam repetidamente.  

Jesus ensina que quando se trata do nosso pecado, não há como ser “bom” o suficientemente ou “religioso” o suficiente para cobrir o preço do nosso pecado. É apenas uma dívida impossível de pagar. É por isso que Deus enviou Jesus para pagar de bom grado essa dívida do pecado em nosso lugar por meio de Sua morte na cruz. Ao fazê-lo, Jesus escolheu nos oferecer perdão que nunca poderíamos ganhar ou merecer. É um perdão diferente de tudo que o mundo já conheceu – e está disponível para todos os que depositam sua fé nEle. 

E é aí que a história termina, quando todos vivemos felizes e perdoados para sempre. Certo? Não é bem assim. Jesus ensina claramente que, uma vez que aceitamos o perdão de Deus, nossos pecados são limpos. Somos uma nova criação (2 Coríntios 5:17). Mas Jesus não para por aí. Jesus claramente ensina que devemos perdoar os outros que pecam contra nós. 

Mas certamente isso não significa perdoar TODOS. E aqueles que simplesmente não demonstram remorso? Perdoar quando a outra pessoa sente muito é uma coisa, mas e aqueles que realmente não se importam? 

Dê uma olhada em Mateus 6: 14-15. Jesus não diz nada sobre perdoar apenas aqueles que estão arrependidos. Não há nada sobre apenas perdoar aqueles que estão tentando fazer as pazes. O perdão que Jesus está falando aqui é uma decisão da vontade – não importa o ferimento. Afinal, até mesmo os maiores “pecados” que os outros cometem contra nós não são nada comparados a como pecamos contra Deus – enviando Jesus para a cruz pelos nossos pecados. Então, a pergunta para os seguidores de Jesus é esta: você está disposto a obedecer a Jesus e perdoar os outros – mesmo quando não há remorso? Se não o fizermos, nosso Pai Celestial não nos perdoará. 

Imprimir