Devocional Diário

Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem”. Mateus 7:13-14

O QUE ACONTECEU COM O INFERNO?

“O inferno desapareceu e ninguém percebeu”, disse o historiador da igreja Martin Marty da Universidade de Chicago. E, embora os pregadores estereotipados de “labaredas e enxofre” tenham desaparecido, com certeza o inferno não sumiu. Mas, é raramente discutido em círculos religiosos modernos. Por quê? É muito desconfortável? Muito negativo? Talvez pareça muito exclusivo na sociedade de hoje politicamente correta e inclusiva. O fato é: Jesus falou muito sobre a vida após a morte e nós temos que fazer o mesmo.

Jesus nunca foi de evitar controvérsias. Quando Jesus disse que poucos entrariam no céu, foi uma declaração chocante. Isso talvez ainda impressione muitas pessoas hoje. Porque Jesus não veio para oferecer a salvação para todos, não importa o seu histórico ou bagagem? Sim, ele disse. Na verdade, é porque Ele nos ama que Ele fala sobre o inferno. Ele se importa o suficiente para nos dizer a verdade, para nos avisar das conseqüências eternas de não ter um relacionamento eterno com Deus.

Se esse tema deixa você desconfortável, se pergunte uma coisa: Jesus é um mentiroso ou Ele diz a Verdade? Jesus não só diz a verdade, mas Ele é a Verdade sobre a vida após a morte: Céu e Inferno. Eu entendo que a maioria das pessoas, mesmo cristãos, não acreditam que o seu vizinho ou colega de trabalho gentis vão passar a eternidade separados de Deus. Mas Jesus diz que o inferno é muito real. Não desapareceu, mas é por seu amor por nós que Jesus veio nos oferecer outro caminho. Ele é chamado de salvação, porque é através de Jesus Cristo que somos salvos. A Salvação está disponível para todas as pessoas, nós só temos que aceitá-la, ao confiar Nele através da fé.

Então, o que vai ser? Se você morresse hoje, para onde você iria? Não perca um relacionamento eterno com Deus (Céu), em vez de uma eternidade separado de Deus (Inferno). Aceite o presente da salvação e caminhe com a certeza de saber que você foi salvo pela graça e amor de Jesus Cristo, que morreu na cruz no seu lugar.

Imprimir