Devocional Diário

Certo dia, indo nós para o lugar de oração, encontramos uma escrava que tinha um espírito pelo qual predizia o futuro. Ela ganhava muito dinheiro para os seus senhores com adivinhações. Essa moça seguia a Paulo e a nós, gritando: “Estes homens são servos do Deus Altíssimo e lhes anunciam o caminho da salvação”. Ela continuou fazendo isso por muitos dias. Finalmente, Paulo ficou indignado, voltou-se e disse ao espírito: “Em nome de Jesus Cristo eu lhe ordeno que saia dela!” No mesmo instante o espírito a deixou. Percebendo que a sua esperança de lucro tinha se acabado, os donos da escrava agarraram Paulo e Silas e os arrastaram para a praça principal, diante das autoridades.” 

Atos 16:16-19

O PERIDO DA DISTRAÇÃO

Uma das maiores ferramentas que o diabo usa quando se trata de cristãos que compartilham o Evangelho é a distração. O que é o Evangelho? Que Cristo morreu por nossos pecados e ressuscitou dos mortos. É a melhor notícia que alguém já ouviu, pois é a chave para a salvação do pecado e da morte e o começo de um relacionamento eterno com Deus. O diabo fará praticamente qualquer coisa para impedir que a mensagem seja ouvida.

Pense nisso: qualquer um que já tenha compartilhado o evangelho com um não-crente pode atestar como o diabo usará qualquer tipo de distração para desviar essa conversa. É estranho a quantidade de vezes em que, no meio da conversa, um telefone tocará ou alguém entrará na sala ou um bebê começará a chorar – distração. Nem mesmo tempos pessoais de oração e estudo da Bíblia estão imunes a esses ataques. Distrações como verificar nossos telefones, e-mails ou mídias sociais são a maior ferramenta que o inimigo usa para nos impedir de compartilhar o Evangelho e andar com Deus.

Paulo e Silas experimentaram isso cedo em seu ministério. Enquanto viajavam e pregavam em Filipos, a região macedônica da Grécia, uma jovem cartomante começou a segui-los e gritar: “Estes homens são servos do Deus Altíssimo!” Você pode até pensar que Paulo e Silas ficariam felizes com essa publicidade gratuita, mas depois de um tempo eles ficaram frustrados. Em vez de atrair as pessoas para ouvir, essa garota tornou-se uma distração que impedia as pessoas de ouvirem o Evangelho. Então, o que eles fizeram? Paulo sabia que a adivinhação e a feitiçaria vinham de práticas ocultistas, portanto, ele ordenou ao espírito que possuía aquela moça para que saísse em nome de Jesus Cristo – e assim foi. Imediatamente ela foi curada.

Distrações estão por toda parte, especialmente quando nos esforçamos para caminhar com  Deus ou conversar sobre Deus. Você está lutando com distrações quando se trata de passar tempo com Deus ou compartilhar sua fé? Peça a Deus para ajudá-lo a manter o foco na Sua vontade conforme você combate as distrações em sua vida.

Imprimir