Devocional Diário

“Oro para que, com as suas gloriosas riquezas, ele os fortaleça no íntimo do seu ser com poder, por meio do seu Espírito, para que Cristo habite no coração de vocês mediante a fé; e oro para que, estando arraigados e alicerçados em amor, vocês possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus.” Efésios 3:16-19

NÃO POR MINHA FORÇA

Você já abordou a vida cristã como uma Resolução de Ano Novo? Este ano serei um cristão melhor; Eu vou confiar mais em Deus e ser paciente e generoso. Para aqueles que tentaram esse cristianismo orientado para objetivos, como foi? Muito provavelmente você acabou se enrolando, ficou frustrado e finalmente desistiu. Por quê? Porque a vida cristã não pode ser vivida em nossa própria força. É somente através do poder do Espírito Santo que podemos viver uma vida que glorifica a Deus.

Muitas pessoas que enchem as igrejas de hoje estão lutando com esse estilo de cristianismo orientado por metas e resoluções. Em suas mentes eles acreditam no que a Bíblia diz sobre quem é Jesus e o que Ele fez na cruz, mas eles nunca confiaram realmente em Cristo com seus corações. Eles nunca escolheramseguir a Cristo no seu dia a dia. Eles confessam a fé sem uma rendição do seu coração para cumprir a vontade de Deus.

Este é o coração por trás da oração de Paulo à igreja de Éfeso – que Deus habitasse não apenas em suas mentes, mas em seus corações e vidas também. Essa mesma oração pode ser feita por nós hoje, para que rendamos nossos corações, sonhos e prioridades na vida totalmente e completamente a Cristo. Como conseguimos confiar em Deus tão completamente? Começa ao nos encontrarmos com o poder gigantesco e a magnitude do amor de Deus – Seu amor perfeito, incondicional – e aceitando este amor e esta graça pela fé.

A vida cristã não se trata de força de vontade ou objetivos. Trata-se de renunciar NOSSOS planos por SEUS planos e pedir ao Espírito Santo que intervenha e dirija o caminho. Não pela minha força – mas pela dele! Você está disposto a confiar nele?

Imprimir