Devocional Diário

Os fariseus ouviram falar que Jesus estava fazendo e batizando mais discípulos do que João, embora não fosse Jesus quem batizasse, mas os seus discípulos. Quando o Senhor ficou sabendo disso, saiu da Judéia e voltou uma vez mais à Galiléia. Era-lhe necessário passar por Samaria. Assim, chegou a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. Havia ali o poço de Jacó. Jesus, cansado da viagem, sentou-se à beira do poço. Isto se deu por volta do meio-dia. João 4:1-6

JESUS CANSADO?

A maioria de vocês provavelmente já viu ou ouviu falar de uma minissérie chamada “Storytellers”.  É um olhar mais íntimo dos músicos e as histórias por trás de suas canções. É uma minissérie muito boa (sim, eu já assisti) e dá uma visão do coração do músico e suas experiências de vida enquanto eles contam suas histórias através da música.

Bem, conheça o Mestre Contador de Histórias. Seu nome é Jesus.  A devoção de hoje é o primeiro em uma pequena série sobre o assunto, o Mestre Contador de Histórias.  Se você leu o versículo de hoje, você pode imaginar Jesus sentado à beira do poço, exausto. ” Jesus, cansado da viagem, sentou-se à beira do poço…” Ele está desgastado.  Eu tenho que parar por aqui e te dizer que eu tenho dificuldade em perceber que há um Jesus “cansado” na Bíblia.  Nós entendemos o Jesus que ensina sobre o amor, que faz milagres, levanta pessoas dentre os mortos e expulsa os demônios.  Nós entendemos o poderoso Jesus. Mas Jesus cansado?

De volta a imaginação.  Jesus cansado aparece e se senta ao nosso lado e diz algo como, “Eu sei. Acredite, eu sei como é ser exaltado e cansado e desgastado. ” De fato, Hebreus 4:15 diz isto: “Temos um sumo sacerdote que é capaz de simpatizar com nossas fraquezas.” É um pensamento muito legal ver que mesmo estando cansado, Jesus pode simpatizar com a gente.  Porque enquanto Jesus era completamente Deus, ele certamente ainda era completamente homem. Amanhã, nós vamos continuar com a história, mas por hoje, sejamos realmente agradecidos por servir a um Salvador que verdadeiramente compreende as dificuldades da vida.  Mesmo quando se trata de apenas estar cansado.

Adaptado do sermão pregado por Thomas Nelson

Imprimir