Evangelho do dia

Com ela, bendizemos ao Senhor e Pai; também, com ela, amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.  Tiago 3:9

DEIXE AS PALAVRAS DA MINHA BOCA…

Aqui está uma das ironias para muitas pessoas no corpo de Cristo. As pessoas vêm adorar a Deus e realmente adoram o Senhor com um grande sentimento; e, então, naquela tarde, amaldiçoam alguém da família, da igreja, alguém do escritório. A mesma pessoa bendizendo e amaldiçoando. E a Palavra de Deus diz claramente “Não deve ser desse jeito”.

Eu lembro de uma situação na faculdade em que eu tinha me tornado amigo de um cara em Carolina, que sempre pensava na próxima festa que ele iria. Ainda assim, eu consegui desenvolver uma amizade com ele e consegui compartilhar Cristo com ele duas ou três vezes. Ele não pareceu se interessar muito, mas foi cordial. Um dia, nós estávamos em Columbia e eu estava bebendo Coca em uma garrafa de vidro. Enfim, ele veio por trás de mim e bateu no meu braço, a garrafa caiu e quebrou em mil pedaços no chão. O que eu fiz? Amaldiçoei, em um instante. Simplesmente saiu da minha boca. E ele meio que sorriu e olhou para mim. Ele disse “Bryant, eu não sabia que meninos bons e cristãos como você diziam coisas desse tipo”. Eu quis entrar em um buraco, percebendo que todos aqueles meses tentando partilhar as Boas Novas de Cristo tinha se dissipado com uma palavra. A Palavra de Deus diz “Com a mesma língua nós bendizemos e amaldiçoamos”. Não deve ser assim. Então, sendo um seguidor de Cristo, como podemos controlar a nossa língua?=

Más notícias: nós nunca controlaremos completamente a língua porque somos pecadores. Nós iremos dizer coisas cruéis e duras. Então nunca chegaremos à perfeição nessa área.

Boas notícias: se vamos ficar por cima dessa situação com a língua, nós temos que entender que começa com a condição do nosso coração. As palavras da nossa boca simplesmente refletem a condição do nosso coração. Coração bom, boas palavras. Coração mau, más palavras. Seja amaldiçoando, difamando, fofocando ou mesmo coisas cruéis que nós dizemos com raiva; sejam palavras de julgamento com raiva que fazemos para com o outro, o que quer que seja. De um coração mau, vem coisas más que dizemos. E Jesus Cristo está na área de transformar corações. Os nossos corações. O seu e o meu. Deus está de condenando hoje? Vamos dar a Ele a autoridade sobre as palavras que saem das nossas bocas.

 

Imprimir