Devocional Diário

Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.  Mateus 6:14,15

 

DEIXANDO UM RELACIONAMENTO DE ARREPENDIMENTO

Poderíamos falar muito de vários casos e situações provando a mesma coisa: relacionamentos, divórcios e outros casamentos são muito complicados. Então como um cristão divorciado navega em outro casamento? Agora preste atenção: se o outro casamento que você está considerando é resultado de um caso de adultério que te levou ao divórcio, é sempre errado. No entanto, se o outro casamento não tem nada a ver com o divórcio que aconteceu, há algumas coisas com as quais lidar antes de dizer “Aceito”.

  1. Peça perdão a Deus. “Mas o meu cônjuge traiu e pecou contra mim. Por que eu preciso de perdão”? A verdade é que ninguém além de Jesus é 100% inocente. Somos todos pecadores. E qualquer pessoa que tenha passado por um divórcio precisa pedir perdão a Deus por sua parte, não importa quão grande ou pequena seja.
  2. Perdoe o seu Ex. Para alguns isto parece impossível, mas com Jesus não é opcional. É para perdoar o próximo da mesma forma que Deus nos perdoa (Efésios 4:31-32). E se não perdoamos, Ele não nos perdoará. Nossa, isso é forte!
  3. Peça perdão ao seu Ex e aos seus filhos. Seja em pessoa, por carta ou por telefone, tenha certeza que reconheceu que você errou nesta relação. Isto é chave quando há crianças envolvidas. Tenha certeza de que uma vez que seus filhos tenham idade para entender, você reconheça a sua parte na relação terminada e peça perdão a eles.
  4. Tenha seu tempo. Seja a falta de perdão ou uma falta de vontade de perdoar, bagagens emocionais e mágoas não resolvidas serão descontadas no novo cônjuge. Você deve a esta pessoa ter um tempo para curar e se acertar com Deus.

O divórcio nunca é o plano de Deus. A intenção do casamento é de ser para a vida toda. Mas para aqueles que são divorciados, uma vez que você buscou o perdão de Deus, você está perdoado para sempre. Não se prenda a culpa e arrependimento. Confie em Deus em sua Palavra que “se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça” (1 João 1:9).

Imprimir