Evangelho do dia

Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente. E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mateus 6:4-5

COMO NÃO ORAR

Jesus falou muito sobre oração e, em Mateus capítulo 6, ele deu dois exemplos de que NÃO fazer.

  1. Orar pelos motivos errados: Muitos líderes religiosos em dias de Jesus fazem as suas orações como atores em um palco, para serem vistos e aplaudidos pela sua congregação. É como se eles estivessem dizendo “Olhem como eu sou espiritual! Olhem como eu sou educado e justo”!

Jesus disse que há uma grande diferença entre ser uma pessoa de Deus através de ações feitas para a glória de Deus versus ações feitas buscando a aprovações de terceiros. Então, qual o seu motivo? Se você está buscando “parecer” como o cristão ideal só para ter a aprovação de terceiros, você precisa checar a sua motivação.

  1. Orando orações vazias: Jesus estava se referindo aos gentios que não conheciam o Deus único quando ele falou sobre orar orações vaziar. Até cristãos podem cair nessa armadilha. Em vez de repetir palavras e frases que soam “espirituais” na esperança de ganhar a atenção de Deus, ore orações sinceras e honestas. É com o conteúdo e com o coração que Deus que Deus se importa.

Então, qual é a sua motivação quando você hora? Você ora simplesmente para parecer “espiritual” em um grupo? Você tem palavras ou frases que você repete quando o seu coração não está lá? Todos nós já oramos: abençoar a refeição, uma oração antes de dormir, é fácil a nossa vida de oração se tornar rotina. Mas Jesus diz que a oração é sobre o nosso coração se conectar com o de Deus. Talvez seja a hora de você começar a ora para que Deus te ajude a alinhar o seu coração com o Dele, porque a oração é isso.

Imprimir