Evangelho do dia

“Portanto, não permitam que ninguém os julgue pelo que vocês comem ou bebem, ou com relação a alguma festividade religiosa ou à celebração das luas novas ou dos dias de sábado”. -  Colossenses 2:16

Auto-Proclamados Juízes

Jesus foi atacado por legalistas durante todo o Seu ministério. Talvez o exemplo mais escandaloso disso foi quando Ele curou um homem com uma mão atrofiada. Os fariseus atacaram porque Ele tinha realizado esse milagre no sábado. Isso mesmo, Jesus foi acusado de transgredir a lei porque a cura era considerado um trabalho e lei judaica proibia qualquer tipo de trabalho no sábado.

Entenda isso sobre os fariseus: eles eram os auto-proclamados juízes. Eles estavam constantemente procurando acusar Jesus Cristo, porque eles sentiram que Ele estava alheio a preocupação deles com suas regras e tradições humanas.

Embora raramente tão escandaloso quanto o dos fariseus, este tipo de legalismo continua até hoje. Algumas pessoas servem como auto-proclamados juízes – ou aplicadores de regras feitas pelo homem para uma vida piedosa. Isso pode acontecer em todas as religiões. Mas é especialmente triste quando denominações e igrejas cristãs impõem regras humanas que nada mais são do que impostoras da verdadeira fé. A Bíblia declara quais são as regras de maneira plena e inequívoca. E com tantas, como é bom saber que a vida de Jesus nos mostra como vivê-las completamente. Como é bom saber que Jesus resumiu todas essas leis com o grande mandamento de amar ao Senhor nosso Deus com todo nosso coração, alma, mente e força e amar o nosso próximo como a nós mesmos (Lucas 10:27).

Então abaixe seu martelo. Deus é o único juiz. Além disso, você não quer ver pessoas te julgando. . . Você quer?

Imprimir