AMOR DURO

26 de agosto de 2020

 “Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor nem se magoe com a sua repreensão, pois o Senhor disciplina a quem ama, assim como o pai faz ao filho de quem deseja o bem.”–Provérbios 3:11-12

Você já foi acampar com uma criança? Tudo é novo e emocionante, especialmente, a fogueira cativante. Por que as crianças parecem gravitar em direção ao que poderia lhes causar mais dano? Crescer é difícil. Tantas regras e o que fazer e o que não fazer. Mas o que pode parecer ser uma restrição injusta, muitas vezes são proteções de segurança úteis, as quais nos convidam a experimentar o que é melhor.

Da mesma forma, Deus nos oferece proteções para a vida. E se reivindicamos que confiamos nossas vidas a Deus, mas recusamos ouvir a verdade de Sua palavra, Ele frequentemente chamará nossa atenção de um jeito ou de outro. Entenda, Deus é apaixonado por duas coisas: Sua glória e o nosso bem. Ele sabe o que é melhor para nós e o que precisamos. Quando nos afastamos da Sua verdade, podemos contar com Ele nos levando de volta através da graça e do amor. Ele não tem medo de nossa rebelião e pecado, e nunca desistirá de nós. Mas Deus abrirá nossos olhos para que possamos reconhecer nossa necessidade dele. A Bíblia chama isso de disciplina. Deus quer que vejamos o que é certo, bom e verdadeiro, porque Ele sabe do que precisamos.

Disciplina ou correção nunca é fácil. Muitas vezes acreditamos que Deus nos corrige da raiva. Essa ideia, no entanto, não poderia estar mais longe da verdade. Assim como qualquer bom pai, a correção de Deus é por amor. De fato, Ele está trabalhando para nos levar de volta ao Seu amor e graça. Eu sei que isso pode ser difícil de acreditar. Aprender com nossos erros raramente é divertido. Mas mesmo nos tempos difíceis, Deus está abrindo nossos olhos para ver onde erramos e, finalmente, reconhecer nossa necessidade de um Salvador.

Deus está tentando chamar sua atenção? Você está experimentando um pouco do amor duro de Deus no momento? Não lute contra e não fuja. Em vez disso, deixe-o levá-lo de volta ao amor e graça de Deus. Ele quer que você conheça o melhor dele, e Ele o ama o suficiente para revelar isso a você.

 

Adaptado de um sermão de George Wright, Pastor Sênior da Igreja Batista Shandon, Carolina do Sul