Devocional Diário

“Vós, mulheres, sujeitai-vos a vosso marido, como ao Senhor; porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seu marido”.  Efésios 5:22-24

A SINGULARIDADE DO CASAMENTO CRISTÃO – Parte 2

Eu quero que você entenda algumas coisas sobre esse ensinamento. Primeiro, não significa que o marido merece que sua esposa se sujeite à sua liderança. Eu não mereço. Nenhum marido merece. Segundo, não significa que o marido é melhor que a esposa. Não significa isso de jeito nenhum! De fato, se você lembrar, Gênesis 1:27 diz: “Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou”. Nós somos iguais perante Deus. Em Gálatas 3:28, a Palavra de Deus diz: “Não pode haver judeu nem grego; nem escravo, nem liberto; nem homem, nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus”. Nós somos iguais em Cristo.

É importante perceber que a Bíblia não ensina que as mulheres têm que se sujeitar aos homens. Isso não está na Bíblia. A passagem está dizendo para a esposa se sujeitar ao marido dela, mas não ensina que a mulher tem que se sujeitar aos homens com uma regra geral. Na realidade, por sermos todos cristãos chamados para nos sujeitar às autoridades terrestres, se você é um homem e no seu trabalho a autoridade é uma mulher, você deve se sujeitar a autoridade dela no trabalho. Se você é um homem e está diante de uma juíza no tribunal, ela está representando uma autoridade governamental, você deve se sujeitar à juíza. Não há nada nas Escrituras que ensina que as mulheres têm que se sujeitar aos homens em geral.

Mas, por alguma razão, no casamento cristão, Deus diz para que a esposa se sujeite ao marido. Agora, eu não sei por que Deus escolheu o homem para ser o líder no casamento cristão, mas eu sei de uma coisa. Deus tem um símbolo que Ele quer que o casamento cristão compartilhe com o mundo. É o de que Cristo, o noivo, é o cabeça da igreja e a noiva de Cristo, a igreja, é chamada para se sujeitar à Sua liderança. Deus decidiu nesses papeis diferentes, do marido e da esposa, para simbolizar o relacionamento de Cristo com a Sua igreja. Isso significa que uma mulher deve ser um tapete e deixar o seu marido dominá-la e abusá-la? Claro que não! Significa somente que Deus, em Sua suprema sabedoria, criou esses dois iguais, mas com papeis diferentes em um casamento cristão.

Amanhã nós veremos como o marido lidera é a chave para se amar a esposa versus tirar vantagem dela.

Imprimir