Evangelho do dia

“Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus”.  Efésios 5:21

A SINGULARIDADE DO CASAMENTO CRISTÃO – PARTE 1

O que é singular sobre o casamento cristão? Percebo que quando se trata de casamento, quando se trata de um casamento feliz e significativo, por toda a história em todos os tipos de culturas, todos os tipos de religiões, você pode ter casamentos hindus, mulçumanos, budistas, agnósticos e ateístas que sejam significativos e felizes. Você pode ter todos os tipos de ideologias e culturas representadas por toda a história e encontrar casamentos significativos. Mas o que é realmente singular sobre o casamento cristão? O que o separa de outros casamentos? Começa com um ensinamento radicalmente contra cultural nas Escrituras: “Sujeitai-vos uns aos outros no temor de Deus”.

O que é radicalmente difícil na questão inicial do casamento cristão é o seguinte: a maioria das vezes, quando você conversa com um jovem ou uma jovem que está noivo, eles fazem um comentário do tipo “Ele é o homem dos meus sonhos. Eu sei que ele vai me fazer feliz”. Ou quando um jovem diz “Eu sei que ela é quem eu estava procurando. Eu sei que ela vai me fazer feliz”. Você vê o problema inerente? O foco é sobre “mim”. Mas em um casamento cristão, é o oposto. A Palavra de Deus diz para ser sujeito ao outro (na verdade, isso é um termo militar). “Se sujeitar” significa estar sob a autoridade de outro. Em outras palavras, o marido e a esposa são para ser mutuamente submissos um ao outro. Como? Vem de uma reverência mútua a Deus. “Temor de Deus” significa “reverência a Deus”. Nenhum de nós pode chegar perto de viver isso porque somos pecadores. Mas Deus nos salva dos nossos pecados e nos dá a habilidade de procurar o melhor para o nosso cônjuge antes de nós mesmos.

Sim, há papeis diferentes em casamentos cristãos para o marido e para a esposa (falaremos disso amanhã), mas a questão inicial da submissão mútua é a reverência a Deus. E isso é radicalmente contra cultural. O que é realmente incrível, é que faz com que os verdadeiros casamentos cristãos sejam os casamentos que todos nós queremos ter!

Imprimir