Devocional Diário

‘Ao passar, Jesus viu um cego de nascença.Seus discípulos lhe perguntaram: “Mestre, quem pecou: este homem ou seus pais, para que ele nascesse cego?”Disse Jesus: “Nem ele nem seus pais pecaram, mas isto aconteceu para que a obra de Deus se manifestasse na vida dele.”’ João 9: 1-3

POR QUE COISAS RUINS ACONTECEM COM PESSOAS BOAS? (Parte 1)

Por que coisas ruins acontecem com pessoas boas? Isso não é justo. Se formos honestos, a maioria de nós tem lutado com essa questão de se Deus é bom, então por que _________ (preencha a frase)?

Os discípulos se perguntaram a mesma coisa. Eles sabiam que muito do sofrimento e do mal visto neste mundo está relacionado à decisão da humanidade de se afastar de Deus – também conhecido como pecado original. Daquele momento em diante, o pecado entrou no mundo e estamos experimentando as conseqüências desde então: guerra, racismo, ódio, ciúmes, violência, injustiça, etc. Então, quando os discípulos se depararam com um mendigo que era cego de nascença, eles assumiram que o pecado de alguém deveria ter sido a causa de sua cegueira.

Como muitos de nós hoje, os discípulos estavam fazendo a pergunta errada. Eles estavam tão focados em responder o POR QUE, que eles perderam o que Jesus viu – uma oportunidade. Em vez de identificar quem ou o que era culpado, Jesus viu uma oportunidade para Deus se mover milagrosamente na vida desse homem. Foi uma oportunidade para Deus se revelar, realizando o bem no meio de uma situação difícil. Foi uma oportunidade para Deus ser glorificado.

Se você continuar lendo o relato do apóstolo João sobre essa conversa no capítulo 9, verá que esse foi um dos maiores milagres de Jesus. Jesus não apenas curou esse homem fisicamente, mas também espiritualmente. Pense em uma vida transformada! Onde os discípulos viram um estudo de caso teológico, Jesus viu um homem sofrendo e uma oportunidade para que Deus fosse glorificado.

Nós também temos a tendência de nos concentrarmos na questão errada em tempos de sofrimento. Da próxima vez que você for tentado a perguntar POR QUÊ, altere a pergunta. Procure a oportunidade perguntando COMO? Como podemos ministrar, encorajar e cuidar, a fim de realizar o bem em meio a uma situação difícil – enquanto exibimos o amor transformador de Cristo?

Imprimir