Evangelho do dia

"Eu odeio o divórcio", diz o Senhor, o Deus de Israel, e "o homem que se cobre de violência como se cobre de roupas", diz o Senhor dos Exércitos. Por isso tenham bom senso; não sejam infiéis.  Malaquias 2:16

 

ENTENDENDO O DIVÓRCIO

O divórcio é errado? É necessário? Se sim, quando? Se não, por quê? E casar novamente? Só essas perguntas podem causar muita tensão, porque muitas pessoas têm sido impactadas em algum nível pelo divórcio. Se você passou por um divórcio ou você é filho de pais divorciados, o divorcio é doloroso e incrivelmente complicado. Então o que Jesus diz sobre esse tema relevante e pessoal?

  1. Deus pretende que o casamento seja para a vida toda. Este é o desejo Dele. Para aqueles que são casados, isso exige pedir ajuda a Deus diariamente ao ser altruísta o suficiente para se comprometer com o seu casamento pelo resto de nossas vidas (Mateus 19:4-6).
  2. Por causa do pecado, Deus permite o divórcio. Deus odeia o divórcio, mas o permite por DUAS razões, segundo os ensinamentos de Deus e da Escritura: imoralidade sexual (Mateus 19:9) e quando um cônjuge incrédulo se divorcia de um crente (1 Coríntios 7:7-10). Nesses casos, o crente não é mais ligado aquele casamento.
  3. Jesus deseja a reconciliação. Embora haja razões reais para o divórcio, Jesus sempre deseja a reconciliação, se possível, em uma relação de casamento afastado (Mateus 6:14-15).

Se o seu casamento está difícil, peça coragem e graça a Deus para trabalhar nisso, principalmente nos dias difíceis. Se você já se divorciou, permita que Deus trabalhe em seu coração e na sua vida. Porque não importa o nosso passado, o amor e perdão de Deus cobre os nossos pecados, arrependimentos, erros e até os nossos casamentos acabados. Permita que Deus trabalhe na sua dor e arrependimento e busque a vontade Dele para a sua vida. Deixe o passado e o futuro nas mãos dele e esteja disposto a se aventurar na fé, não importa onde Deus te leve.

 

Imprimir