Definição de mansidão – João Batista

11 de agosto de 2020

 “João respondeu e disse: O homem não pode receber coisa alguma, se lhe não for dada do céu.” – João 3:27

Ele viveu no deserto e fez suas próprias roupas com pele de camelo. Com barba e cabelos compridos, ele era um homem acima de outros homens, se é que existia. Se você está imaginando Jeremiah Johnson ou Hugh Glass do Revenant, não está muito longe. Estou falando de João Batista.

Em Mateus 11, Jesus diz que não havia homem maior que João Batista. Esse é um grande elogio vindo de Jesus. Na época, João Batista estava liderando um ministério muito grande. As pessoas viajavam por quilômetros para ouvi-lo falar e ser batizado.

Durante todo o seu ministério João disse que alguém muito maior viria, o Messias. Finalmente, no auge da popularidade de João e no meio da multidão de pessoas reunidas, Jesus aparece sendo batizado por João. Pense como isso contribuiria para a fama de João como ministro. Foi ele que batizou Jesus. O Espírito Santo desce sobre Jesus como uma pomba. Há uma voz do céu que diz: ‘Este é meu filho a quem amo e em quem tenho prazer.’

No meio desse momento incrível, algo interessante começa a acontecer. De repente, a atenção muda de João para Jesus. Os seguidores de João veem o que aconteceu e começam a se preocupar. Estamos perdendo nossa fama. Estamos perdendo nossos seguidores. Jesus agora é mais popular que João.

A mansidão real é demonstrada quando João responde. Ele não fica zangado ou frustrado porque Jesus é subitamente mais popular. Ele não luta para manter sua fama. Em vez disso, João reconhece seu lugar em uma história muito maior. Ele reconhece que desde o início, isso nunca foi sobre ele. Ele vê sua história à luz da glória de Deus. Isso é mansidão. Reconhecer que Deus me deu uma história e o objetivo da minha história é revelar Sua glória.

O fato é que tudo sempre foi a respeito de Deus. Qualquer fama ou aclamação que chega a mim tem tudo a ver com o nome dele, não o meu. Deus pode estar usando sua vida para coisas muito significativas, mas quando colocada na história da redenção, a mansidão faz com que você veja sua história como uma parte muito pequena do que Deus está fazendo para revelar Sua glória. A mansidão ajuda a moldar uma perspectiva adequada da vida, para não ficarmos cheios de orgulho ou derrotados pela vergonha. A mansidão é um convite para viver a história mais importante de todas.