Devocional Diário

“Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade.” – João 1:14

 

A DÁDIVA DA GRAÇA

Graça e Verdade. Este é o Evangelho resumido em duas palavras. Imagine que você seja parado por um policial por excesso de velocidade. VOCÊ sabe que estava indo muito rápido, e o policial e seu radar de velocidade COMPROVAM isso. A verdade é que você é culpado, mas Graça é o policial deixar você ir sem uma multa e ele pagar a sua multa. Este é o Evangelho – apenas substitua algumas centenas de dólares por uma eternidade separada de Deus. É por isso que Deus enviou Jesus, para demonstrar a VERDADE de que nossas vidas estão emaranhadas em uma confusão de pecados, e para estender graça ao se dispor a pagar a penalidade por estes pecados através da morte na cruz.

O Verbo se fez carne e Jesus, o Filho de Deus, Deus encarnado, veio à Terra na forma de um bebê fraco e indefeso. Este bebê – o Rei dos reis e Senhor dos senhores – não nasceu em berço esplêndido. Não, Ele nasceu no anonimato, em uma caverna ou no campo, debaixo de uma cobertura para animais. E, no entanto, esse bebê se tornaria um professor, curador e, finalmente, o Salvador da humanidade ao ir para a cruz, um homem inocente, oferecendo a nós perdão e vitória sobre o pecado.

Com demasiada frequência, os “cristãos” vão para um ou outro extremo: somente graça, mas sem a verdade, ou somente a verdade, mas sem a graça. Jesus demonstrou o equilíbrio perfeito entre os dois. Graça e Verdade. Este é o evangelho. Isso é Jesus. E esta é a razão pela qual celebramos o Natal. Como você compartilhará a dádiva da graça com outras pessoas nesta época de Natal?

Imprimir