Devocional Diário

“E Deus é poderoso para fazer que lhes seja acrescentada toda a graça, para que em todas as coisas, em todo o tempo, tendo tudo o que é necessário, vocês transbordem em toda boa obra.”  2 Coríntios 9:8 

VIVENDO E OFERTANDO COM EXPECTATIVA: Princípio #4 

Continuando nosso estudo sobre os princípios bíblicos da oferta, chegamos ao número 4: Deus nos abençoa para ser uma bênção para os outros. Agora, o pessoal da “teologia da prosperidade” salta por todos esses versículos (2 Coríntios 9:8-11). Ao tirá-los do contexto, eles desenvolvem o que se tornou uma falsa interpretação do Evangelho chamada “evangelho da ganância”. Em outras palavras, esses versículos foram distorcidos para ensinar uma mentalidade de dar para receber. É uma mentalidade orientada para a ganância, autocentrada e completamente contrária ao ensino de Jesus. 

O VERDADEIRO significado por trás desses versículos é sobre colocar-se no lugar de Deus. Se você confia recursos financeiros a uma pessoa que é um bom administrador financeiro, alguém que está aprendendo a ser generoso no modo como Deus nos ensina a ser, então faz sentido que mais recursos financeiros sejam confiados a esse indivíduo. Quanto mais recursos essa pessoa confiável tem, mais ela poderá ser uma bênção para outras pessoas por meio de doações generosas. Esse é o significado por trás desses versículos mal-entendidos. 

Não se trata de dar a Deus para conseguir mais para nós mesmos. Trata-se de dar a Deus e saber que Ele nos abençoará para sermos uma bênção – talvez até uma bênção maior – para os outros no futuro. Embora o ofertar NÃO faz de alguém um seguidor de Jesus, doar com generosidade e alegria certamente demonstra a fé de uma pessoa. 

Jesus diz em Mateus 6:21: “Onde estiver o seu tesouro, aí o seu coração também estará”. Em outras palavras, se você quiser saber o que é importante para uma pessoa, dê uma olhada no extrato bancário dela. Nossas prioridades são reveladas pelo que ocupa a maior parte do nosso tempo e recursos financeiros. 

Jesus sabia que a maior barreira para confiar completamente em Deus geralmente seria nosso relacionamento com o dinheiro. E na maior parte de nossas vidas, mesmo na igreja, muitas vezes depositamos mais confiança em nosso dinheiro, emprego ou conta bancária do que em Deus. Uma maneira de combater isso é através da generosidade. Então, como você vai viver e ofertar generosamente esta semana? 

Imprimir