Evangelho do dia

Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.  Gálatas 5:22-23

PARECENDO COM JESUS – PARTE 1

O que significa ser “como Cristo”? Falamos muito sobre isso na igreja, mas com o que isso parece, de forma prática? O apóstolo Paulo descreveu a vida “como Cristo” usando nove características referidas nas Escrituras como os frutos do espírito. Esses “frutos” diferenciam uma vida pecaminosa e obstinada sem Deus, de uma vida que é baseada e vivida na verdade de Jesus Cristo. É a diferença entre uma vida de “foco em mim” e uma vida de “foco em Cristo”. Então de que frutos estamos falando?

  • Amor: A definição bíblica de amor não tem nada a ver com um sentimento. É baseada em uma decisão da vontade de que iremos amar, seja se concordamos ou gostamos de uma pessoa ou não. Iremos amar o nosso próximo independente de como nos sentimos. Somos chamados para amar.
  • Alegria: A alegria não é uma felicidade temporária porque a vida está do jeito que eu quero no momento.  É uma alegria encontrada até nas lutas e na dor. Não significa que nós necessariamente gostamos da luta, mas que temos a alegria de saber que estamos cumprindo a vontade de Deus para a nossa vida.
  • Paz: Confiar que Cristo traz paz. Finalmente nos reconciliamos com Deus, e esta paz com Deus cria uma paz interior crescente que leva ao desejo de paz para com os outros.
  • Amabilidade: O seguidor de Cristo é chamado para demonstrar amabilidade àqueles que os oprimem, os marginaliza e que discordam com eles. Poderia haver característica mais apreciada do que ser amável?
  • Bondade e Paciência:  Paciência é tolerar aqueles que nos maltratam, e a bondade vem da apreciação da graça de Deus nas nossas vidas. Elas andam lado a lado, porque através da verdade de Jesus Cristo nós começamos a vivenciar uma bondade genuína que quer ser paciente com aqueles que nos maltratam e nos oprimem.

Então, que “fruto” você precisa mais? Não é questão de tentar. É questão de pedir a Deus para te transformar cada vez mais na imagem de Cristo e estes “frutos” também virão.

 

Imprimir