Devocional Diário

"Não pensem que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim para fazer que ‘o homem fique contra seu pai, a filha contra sua mãe, a nora contra sua sogra;" - Mateus 10:34–35

O que é a Espada?

Jesus gentil, manso e suave. “Jesus me ama”, cantamos para as crianças. Se essa é a sua imagem de Jesus, você provavelmente tem dificuldade  conciliar isso com a afirmação dEle de que ele veio “fazer uma faca de corte afiada.” O verso antes desse é ainda mais afiado: Jesus disse que Ele não veio “trazer paz, mas espada “(v. 34 NVI).

Relaxe. Em todo o Novo Testamento, a palavra espada é usada para descrever a Palavra de Deus, não uma arma militar. Efésios nos fala de “a espada do Espírito, que é a palavra de Deus” (6:17). E novamente em Hebreus, a Palavra de Deus nos ensina sobre si mesmo: “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, e de juntas e medulas, e apta para discernir os pensamentos e intenções do coração “(4:12).

A espada, a Palavra, é uma maneira poderosa de explicar como a Palavra de Deus penetra o nosso coração, expondo-nos para o que somos. Ela é tão poderosa que expõe os nossos verdadeiros desejos, nossos reais pensamentos, nossa pecaminosidade. Isso que é o poder da Palavra de Deus. É ainda mais penetrante que uma espada de dois gumes, pois não se limita a expor os nossos pecados, mas como um bisturi nas mãos do Grande Médico, ele nos mostra o caminho de cura definitiva e salvação do pecado. Isso nem sempre pode trazer-nos a paz com nossos semelhantes, mas com certeza traz paz com Deus e paz interior.

Imprimir