Devocional Diário

Quando vocês ficarem irados, não pequem. - Efésios 4:26

A Ira Justa

Todos nós lutamos com a raiva; isso é uma realidade da vida. Você já sentiu que sua raiva é justificável? Você já a expressão ira justa? A frase muitas vezes é usada quando alguém nos ofendeu; dizemos: “Eu tenho todo o direito de ficar com raiva.” E então para justificar a nossa raiva, completamos, “Jesus mostrou a justa ira, não é verdade?”

De fato, Ele assim o fez. Mas é importante notar o que desencadeou a ira justa dEle. Quando Jesus entrou no templo e descobriu que havia sido transformado em um lugar de ganância e materialismo para tirar proveito dos pobres, ele ficou furioso. Por quê? Porque Deus não estava sendo respeitado, e as pessoas estavam sendo exploradas.

Jesus também ficou indignado quando os discípulos não permitiram que as crianças fossem até ele. Os discípulos não as consideravam como importantes. Eles pensavam que Jesus estava “muito ocupado” para elas. Isto o deixou furioso.

Mas entenda uma coisa: Jesus nunca se irritou quando foi tratado injustamente. Como Ele reagiu quando Ele foi alvo de injustiça? Note bem como ele reagiu quando foi injustamente condenado à morte, o último ato de injustiça pessoal. Ele orou: “Pai, perdoa-lhes” (Lucas 23:34).

Olhe para Jesus para saber como lidar com ataques pessoais. E poupe sua ira justa para situações em que Deus não é respeitado e as outras pessoas são maltratadas. A Palavra de Deus nos ensina que este é o momento de ficar com raiva, mas não pecar.

 

Imprimir