Evangelho do dia

“Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados”. - Mateus 1:21

A História Real do Natal

Uma vez ouvi um apresentador de programa declarar em um de seus shows, “Deixe-me compartilhar com vocês a minha história de Natal. Para mim, o Natal não é sobre o nascimento do bebê. É sobre o que esse bebê cresceu e se tornou, como Ele decidiu viver a sua vida e as escolhas e os sacrifícios que ele fez no final. Para mim, o Natal aponta para a redenção, o poder redentor daquele homem.” E eu disse a mim mesmo: “Ele está realmente entendendo – a redenção de Cristo.” Mas, então, ele seguiu dizendo: “Trata-se de começar de novo.” E eu disse: “Oh-oh!” Ele chegou a sugerir que os seus ouvintes usassem a estação para começar de novo, limpar suas vidas, e tornar-se “quem você realmente é!”

Apresentadores de programas gostam de dizer coisas ultrajantes, mas a história do Natal não é sobre começar de novo. Sim, a história do Natal é sobre o amor e a graça de Deus e a humildade e servidão do pequeno bebê que nasceu. Esse bebê cresceu e se tornou um homem, e Ele veio para redimir para nosso Pai celestial o que já era legitimamente Seu: as nossas vidas. Ele veio para pagar o maior preço para nossa redenção, Sua vida, morrendo por nossos pecados na cruz. A história do Natal não para na manjedoura. Ela continua durante toda a vida perfeita e sem pecado e na cruz e na ressurreição do Filho único de Deus. A história do Natal é que o Pai deseja que cada um de nós seja resgatado. Não para começar de novo, mas para se tornar quem Deus nos criou para ser. Cristo veio para nos  salvar de quem realmente somos transformando-nos em quem Deus quer que sejamos. Essa é a verdadeira história do Natal!

Imprimir