Evangelho do dia

Ele lhe disse: 'Vá, chame o seu marido e volte.'. 'Não tenho marido', respondeu ela. Disse-lhe Jesus: "Você falou corretamente, dizendo que não tem marido. O fato é que você já teve cinco; e o homem com quem agora vive não é seu marido. O que você acabou de dizer é verdade". Disse a mulher: "Senhor, vejo que é profeta. - João 4:16-19

TERRENO VERSUS ESPIRITUAL

Estamos de volta com a mulher no poço. Ela conheceu Jesus e estava surpresa que Ele mesmo falaria com ela. Ainda assim, enquanto ela começou a ir traz-Lhe um copo com água, Ele diz a ela que não é esse o tipo de água que ela precisava e disse-lhe que se ela bebesse da água viva, ela nunca teria sede novamente. (Lembre-se que Jesus usa coisas terrenas paralelas a coisas espirituais). Então, o que ela fez? Ela teve um poderoso momento de “uhum” e a banda começou a tocar e ela seguiu em frente e sua vida mudou para sempre?  Não. Ela disse, “Então posso ter uma garrafa dessa água para que eu não tenha cede novamente? Apenas me dê um gole dela.”  Ela fez tudo o que nós fazemos – nós nos voltamos para as coisas terrenas.  Mas Jesus não parou por aí.

Lembre-se que Jesus estava cansado e desgastado. Ele iniciou essa conversa espiritual e ela trouxe de volta para as coisas terrenas.  Então, Jesus disse: “você quer falar sobre coisas terrenas?  Vamos falar sobre as coisas terrenas.  Vamos falar sobre sua vida.”  Jesus disse, “Vá, chame seu marido.”  “Eu não tenho marido”, ela disse.  E só posso imaginar que ela estava pronta para sair dessa conversa!  Ela diz, “Vamos mudar de assunto”. Mas Jesus não mudou de assunto.  Na verdade, Jesus impôs o assunto.  Ele disse, “Não, vamos ficar aqui por um minuto.  Vamos falar sobre sua vida.  Você está correta – você disse a verdade.  Você não tem um marido.  Você já foi casada cinco vezes”.  Ela deve ficado oprimida, não só pelo Seu conhecimento, mas porque de alguma forma Ele foi amável com ela.  Como poderia este homem saber sobre a vida dela?

Jesus estava realmente dizendo, “Eu aposto que na quinta vez você não se sentiu muito valorizada.” Você vê, para Jesus, todas as mulheres são valorizadas. Ele não estava dizendo a ela, “Eu acho que você é um fracasso”.  Acho que Ele estava dizendo, “Sim, você certamente falhou.  Todo mundo tenha falhado muitas vezes.  Mas você também tem falhado”.

Então, ela declarou o óbvio – “Eu acho que Você é um profeta”. Dãã! A própria mulher transformou a conversa de volta às coisas espirituais, mesmo sem perceber.

Hoje, vamos lembrar que Jesus entende e se importa com as nossas necessidades terrenas, mas precisamos aprender com Ele, que, independentemente da necessidade, ela sempre aponta para o que é verdadeiramente espiritual – ELE!

 (Adaptado do sermão de Thomas Nelson)  

Imprimir