Evangelho do dia

"Se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, seria melhor que fosse lançado no mar com uma grande pedra amarrada no pescoço”. - Marcos 9:42

A Pedra de Moinho

A pedra de moinho era uma pedra pesada usada para moer grãos. Era tão pesada que um homem não poderia levantá-la; um burro teria que puxá-la. Então, imagine a profundidade dos sentimentos de Jesus quando Ele disse que seria melhor alguém ser lançado no mar com uma pedra de moinho ao redor do pescoço do que fazer com um pequeno tropeçasse. Se você quer deixar Cristo irritado, então maltrate ou engane uma criança.

Também é interessante que Jesus falou sobre os pequeninos não somente como crianças, mas também como aqueles que crêem, independentemente da idade. Em outras palavras, Ele estava advertindo qualquer adulto que tiraria vantagem de uma criança em Cristo e desencaminhar sua crença em Deus.

Mas note também que “pequeninos” é mais apropriadamente traduzido como “humildes.” Agora, isso poderia ser um adulto que é deficiente mental ou fisicamente limitado. Pode ser que Jesus estava até mesmo referindo-se a novos crentes que estão muito felizes em vir para a salvação em Cristo e, em seguida, são enganados por um professor que os orienta ao erro por má interpretação da Palavra de Deus. De quem quer que Jesus estava se referindo, ele foi bastante claro. Para essas pessoas más, uma morte agonizante é preferível a levar o inocente ao pecado.

Imprimir