Evangelho do dia

Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. Mateus 5:28

VIVENDO COM O DESEJO

Adultério nunca é certo. Mesmo em culturas que permitem a poligamia, ter várias esposas, ter um caso com alguém além do seu cônjuge é considerado errado. Portanto, é seguro dizer que em qualquer cultura e religião o adultério nunca é aceito. No Antigo Testamento, Deus abordou a questão do adultério nos Dez Mandamentos dado a Moisés. O sétimo mandamento diz simplesmente: Não adulterarás (Êxodo: 20:14). Foi bem direto, até Jesus chegar.

Agora seria fácil para a maioria das pessoas que nunca tiveram um caso marcar essa caixa deste mandamento e seguir em frente, mas Jesus disse: “Espere um pouco, não é tão simples assim. Na verdade, se você olhou para uma pessoa com desejo, isto é cometer adultério no seu coração” (minha paráfrase). Em outras palavras, Jesus faz este mandamento aplicável para qualquer pessoa.

Então o que é desejo? Jesus não está falando sobre ansiar ou desejar coisas como dinheiro, fama ou poder. Jesus está falando sobre desejo sexual. Achar uma pessoa fisicamente atraente não é desejo. O desejo se torna um problema quando começamos a ter fantasias sexuais, um tipo de intimidade sexual com aquela pessoa. É neste momento que passamos de apreciar a beleza para desejo. E aqui está o problema: ninguém sabe quando você o faz. Nem o seu cônjuge, nem as pessoas no seu escritório, ninguém; a não ser você e Deus.

Você tem tido dificuldades com o desejo? Eu sei que eu sim. É uma batalha diária para cada homem. Nunca acaba. Então o que podemos fazer? Primeiro, confessar a Deus o momento que o pensamento de desejo acontece. Em segundo lugar, pedir ajuda a Deus para olhar para longe e concentrar em outra coisa. Terceiro, resistir a tentação de pornôs e mídia sexualmente explícita que é como por gasolina no fogo. Finalmente, peça ajuda a Deus para te ajudar a apreciar e respeitar a beleza de mulheres que são amadas e feitas à imagem de Deus. E quando você pecar com desejo, seja como Paulo em Romanos 7 e diga a Deus: “Eu fiz de novo. Por favor, perdoa-me, purifique-me e ajude-me a focar em algo bom (minha paráfrase).

Imprimir