Evangelho do dia

"Não se deixem enganar: "as más companhias corrompem os bons costumes".

 - 1 Coríntios 15:33

Tornando-se Como a Multidão com Que Corremos

A última linha do livro de George Orwell A Revolução dos Bichos é espantosa: “As criaturas de fora olharam do porco para o homem, e do homem para o porco, e do porco para o homem outra vez; mas já era impossível distinguir quem era homem, quem era porco.”

Uma das maiores influências que temos para determinar a maneira como vivemos nossas vidas é o grupo de pessoas com que nós corremos. O fato é que temos a tendência de tornar-nos como aqueles com quem escolhemos estar. À medida que passamos tempo com as pessoas, adotamos seus estilos, valores e interesses. Se você se associar com pessoas sem ética, você pode encontrar-se progressivamente cedendo em decisões éticas. Se você se cercar de homens e mulheres de caráter divino, você vai encontrar o caminho ético muito mais fácil de navegar. Você provavelmente sabe disso, então aplique para as pessoas que você conhece, mas não pare aí.

Junte-se a empresas, grupos de trabalho e círculos sociais que são constituídos de pessoas com integridade. E se você possui seu próprio negócio, só contrate pessoas com caráter sólido. Inclua seus fornecedores, sua agência de publicidade, e sua empresa de contabilidade nessa lista. Cerque-se de pessoas de integridade, e você vai ver que é mais fácil de viver de uma maneira que seja agradável a Deus e bom para o seu próximo.

“As más companhias corrompem o bom caráter.” Corra com más companhias, e você começa a viver mais como porcos! Assim, opte por correr com uma boa multidão. Então você pode começar a viver uma vida que constrói o caráter.

Imprimir